Uncategorized

novidades tardias

garibaldi

– a bonita revista o garibaldi (juiz de fora) publicou um poema meu em sua edição de aniversário só com mulheres;

– a edição de fevereiro da revista continente (recife) tem uma matéria muito legal, escrita pela marina moura, sobre a poesia contemporânea feita também por mulheres;

– em setembro do ano passado, o jornalista daniel zanella — criador e editor do jornal literário relevo, de curitiba — publicou suas observações sobre não conheço ninguém que não seja artista no site da escola de escrita (destaque para “uma espécie de toque irônico-carinhoso”, “resultado um tanto irregular” e “pessimismo divertido”);

– o misterioso soneto “o inferno”, criado pelo algoritmo do poetweet, esteve nesta matéria d’o globo sobre poesia e robôs.

Padrão
Uncategorized

“não conheço ninguém que não seja artista”

há alguns meses, a confeitaria me chamou pra fazer um livro de poesia com fotografia.

achei que não ia conseguir escrever 20 poemas de uma vez e que desistiria exausta no meio do exercício, mas isso não aconteceu. pelo contrário, fui gostando muito da ideia e das fotos da camila svenson, que mostram coisas como uma almofada pintada, um carrinho de supermercado abandonado e um menino de chinelo. acho que nunca escrevi tanto na vida. agora, imaginem só, temos em equipe o não conheço ninguém que não seja artista, que será lançado na próxima feira plana (7 e 8 de março, em são paulo) e já pode ser encomendado pela internet.

obrigada, fabi secches e thiago thomé, pela imaginação e pelo empurrão.

atualização: o livro agora também está à venda na livraria blooks (SP e RJ), na livraria monkix e na banca tatuí.

10885252_820585648013249_3322614415726999355_n

10983435_819438134794667_3282092472472693949_o

11106_781260635256831_4173991181258310193_n

boneco-livro

Padrão
Uncategorized

100 poetas paranaenses + uma

fiquei sabendo que a antologia 101 poetas paranaenses ficou pronta e venho compartilhar a alegria de dividir um livro da minha terra natal com poetas como ademir assunção, alice ruiz, dalton trevisan, sérgio rubens sossélla e até o paulo leminski. uma curiosidade: dez anos atrás passei meses emprestando da biblioteca municipal de maringá a maravilhosa passagens – poetas contemporâneos do paraná, também organizada por ademir demarchi.

capa__101_poetas_v1

Padrão
Uncategorized

a/c proprietário do imóvel

caro proprietário deste imóvel
em que vivo já há algum tempo
sem nunca no entanto abandonar o medo
de você acordar meio mal-humorado
ou querendo abrigar seu sobrinho
que faz faculdade de cinema
ou apenas irritado
com meus hábitos noturnos
conforme informaram os gestores
do condomínio

acredito ingenuamente
que se você me conhecesse
mudaria de ideia de forma brusca
enfrentaria a reprovação dos parentes

se você me conhecesse
veria meu esforço e esmero
saberia que morei em outros 23 espaços alugados
antes de chegar rolando a este

se então fôssemos amigos
que se conhecem há menos de um mês
mas já se compreendem profundo
você notaria que sua renda total é suficiente
e que eu tenho tristezas o bastante
para que você me liberte dos valores
e avise rapidamente os gestores
que tenho o direito de residir para sempre
e livre de medo
neste seu apartamento

Padrão