geral

dialogando com os gênios

um tempo atrás, num acesso de raiva/amor no twitter, critiquei os jovens cheios de pretensão que dizem estar em sintonia com seus ídolos muito antes do esforço para chegar lá. poucos dias depois, fui convidada pelo portal literal e pelo poeta ramon mello para “conversar” com o grande poeta ferreira gullar na ocasião de seu aniversário. então escrevi um poema-homenagem que agora faz parte desta ótima coletânea de homenagens com vários poetas, mas espero continuar não sendo um desses jovens artistas das grandes cidades que pensam, coitados, que são o próximo gullar.

Padrão
geral

amor ou pena

sei que é amor
quando não sei se é pena

holograma de você aos 8 anos no pátio:
dá dó
pensar no copo de leite ou suco
que nunca compartilharemos
pois seria impossível

seus arquivos virtuais da última década:
quantidade moderada de pena

seus sonhos de sucesso e fama: dó

seus gostos e hábitos já surrados pelo tempo:
um pouco de nojo, um pouco de pena

seus 19 romances anteriores: uma pena

foto de festa da sua adolescência:
o resultado é um pouco de pena
de você em péssima forma
e de mim que não me chamei roberto ou rebeca
pra te conhecer naquele dia

Padrão