Uncategorized

o aluguel & o sono

na cama o sono fica arisco
ao lado do respirar ruidoso asmático
do aluguel quase vencendo

o aluguel rouba os travesseiros
os edredons e os pesadelos
mas paga a casa onde fica a cama

concordamos que o sono é meio covarde
e o aluguel o cônjuge que oprime
o ano inteiro e todo dia quinze
sem querer e com muita vontade

Padrão